Início
    
Menu Principal
Início
Quen somos e facemos
Contactar connosco
Arquivo
Forum do Sil
Novas
Ligazons
Imaxes
Blog de Fala Ceive
CiberIrmandade
Recomendai-nos
O teu nome:

* O teu correo-e: 

* O correo-e do teu amigo: 

Mensaxe curta: 

Últimas descargas
Sobre a Ingenuidade Corrosiva
Língua de Vencedores e de vencidos
Direitos fundamentais na Faixa Leste
ETOPEIAS
Início da sesión





Esqueceches o contrasinal?
Aínda non tes unha conta? Crea unha
Visitas Totais
Visitantes: 2404179
Visitantes
Temos 1 convidado conectados


Deixou-nos Frank Caldeiro, agurada-nos no céu PDF Correo-e
Xoves, 08 de Outubro do 2009

 PASSAMENTO DE FRANK CALDEIRO, O ASTRONAUTA DE TOURAL DOS VADOS

Sonhava com contemplar desde o espaço, Toural dos Vados, Argentina e Samos. Confessou-lho ao Diário de Leon durante uma de suas habituais férias estivales em Toural, em junho do 2002. Fernando, Frank, Caldeiro, esteve a ponto de fazer realidade o seu sonho, mas uma grave e prolongada doença malogrou as  suas possibilidades verdadeiras de participar  numa missão da Nasa com destino à estação internacional Alfa.
 
Frank faleceu no passado sábado em Houston aos 51 anos, consciente já desde havia tempo de que não poderia cumprir seu anseio de se converter no primeiro astronauta argentino, de raizes berzianas. Seus parentes e amigos em Toural dos Vados receberam este fim de semana com enorme tristeza o passamento para o céu de Fernando.
 
Ainda que tinha nascido na Argentina, nunca perdeu a conexão com a localidade berziana na que tinha nascido o seu pai. Sentia sempre uma especial emoción ao escuitar a língua galega que o trasladava ao Berzo.
 
Fernando, Frank, Caldeiro estudou na Universidade de Arizona, onde se licenciou em Engenharia Mecânica. Foi director de provas do bombardero B-10 e em 1991 ingressou na Nasa como experiente em sistemas de propulsão e criogénico.
 
Sua grande meta, no entanto, tinha-lha colocado no ano 2003, quando a agência espacial norte-americana tinha decidido enviar uma nave à estação internacional Alfa em cujo interior ele viajaria. A doença que lhe terminou segando a vida faz já muito tempo que truncó esses propósitos. Vivia em Houston com sua mulher e seus dois filhos e ocupava-se da Planejamento de Operações  dos Astronautas da Nasa.
 
No céu e na terra. Frank tinha a cabeça posta sempre no espaço, nas estrelas, mas Fernando estava fortemente amarrado a suas raízes. Era raro o verão que não aparecia por Toural dos Vados, e  não falhava ao diário café no bar da estação com os seus amigos. Toural era o povo das suas raizes que ele figera seu, como a aldeia de Coinhas, em Samos, onde tinha nascido seu avô paterno, sentia as duas unidas na comum língua, que para ele era sempre o melhor refrigério.
 
 
 
 
 
< Ant.   Seg. >
 
Campañas
Advertisement
Google
AGAL
Sindicación
© 2014 Fala Ceive
Joomla! is Free Software released under the GNU/GPL License.


Creative Commons License
 
Todo o contido desta web (agás aquel no que se indique o contrario) ofrécese baixo dos termos da Licenza Creative Commons Recoñecemento-CompartirIgual 2.5